Segunda-feira
13 de Julho de 2020 - 
Experiência, Honestidade e Compromisso a seu Serviço!

Controle de Processos

Aqui você acompanha seu processo, através da senha criada no escritório!

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,34 5,34
EURO 6,05 6,05

Newsletter

Call Center

Sede Silvânia - GO

Rua Antônio Leão Neto 40 
Centro
CEP: 75180-000
Silvânia / GO
+55 (62) 3332-2030+55 (62) 3332-1572

Sede Palmas - TO

Av. Teotonio Segurado, Ed. Amazônia Center s/n Sala 902, Em Frente ao Fórum de Palmas
Plano Diretor Sul
CEP: 77016-002
Palmas / TO
+55 (63) 3322-7278

Sede Goiânia - GO

Rua 136 761 Qd. F-44, Lt. 2-E, Ed. Nasa Business Style, 11º Andar, Parte D-32
Setor Sul
CEP: 74093-250
Goiânia / GO
+55 (62) 3602-0757

Previsão do tempo

Hoje - Aparecida do Ri...

Máx
34ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Terça-feira - Apareci...

Máx
34ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Hoje - Palmas, TO

Máx
34ºC
Min
22ºC
Predomínio de

Terça-feira - Palmas,...

Máx
35ºC
Min
18ºC
Predomínio de

Hoje - Gameleira de Go...

Máx
29ºC
Min
16ºC
Predomínio de

Terça-feira - Gamelei...

Máx
29ºC
Min
15ºC
Predomínio de

Hoje - Leopoldo de Bul...

Máx
28ºC
Min
13ºC
Predomínio de

Terça-feira - Leopold...

Máx
28ºC
Min
12ºC
Predomínio de

Hoje - Vianópolis, GO

Máx
28ºC
Min
12ºC
Predomínio de

Terça-feira - Vianóp...

Máx
28ºC
Min
12ºC
Predomínio de

Hoje - Silvânia, GO

Máx
29ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Terça-feira - Silvân...

Máx
29ºC
Min
13ºC
Predomínio de

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Home


DECISÃO: Assegurado o recebimento de pensão por morte a menores dependentes entre a data do óbito e da implantação do benefício - 01/03/2019

A Câmara Regional Previdenciária da Bahia manteve a sentença do Juízo Federal da 1ª Vara de Irecê/BA que, não obstante à tardia habilitação dos filhos menores de um segurado falecido, assegurou aos dependentes o recebimento da pensão por morte referente ao período do óbito do segurado até a data do requerimento administrativo. Segundo o relator, juiz federal convocado Valter Leonel Coelho Seixas, considerou reduzido o lapso entre o deferimento da pensão por morte e a habilitação dos recorridos e o baixo grau de instrução da representante legal dos menores, e encontra respaldo legal nas noções de equidade e razoabilidade.
 
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) interpôs apelação alegando que além de o requerimento administrativo contar com mais de dez anos do falecimento do segurado, a habilitação dos dependentes somente foi realizada meses depois, incidindo, na hipótese, o disposto no art. 76 da Lei nº 8.213/91, e pugnando, pois, pela reforma do julgado.
 
O art. 76, acima referido, dispõe que a habilitação do dependente só produziria efeitos a contar da data da inscrição da habilitação. Ao analisar a questão, o relator observou que no caso de pensionista menor firmou-se o entendimento de que não sendo aceitável que seus interesses fossem prejudicados por força de eventual inércia dos representantes legais, deveria ser afastada não só a ocorrência de prescrição e decadência como, também, assegurada a percepção da pensão desde a data do óbito do instituidor, mesmo na hipótese de requerimento posterior ao prazo previsto.
 
Sendo assim, nos termos do voto do magistrado, deve ser mantida a sentença que assegurou aos menores o recebimento da pensão por morte entre a data do óbito e a implantação do benefício, devendo incidir atualização monetária e juros de mora conforme o Manual de Cálculos da Justiça Federal.
 
Processo nº: 0000530-74.2012.4.01.3312/BA
 
Data do julgamento: 09/11/2018
Data da publicação: 29/01/2018
 
 
Autor: Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Visitas no site:  205025
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.