Segunda-feira
20 de Setembro de 2021 - 
Experiência, Honestidade e Compromisso a seu Serviço!

Controle de Processos

Aqui você acompanha seu processo, através da senha criada no escritório!

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,31 5,31
EURO 6,23 6,23

Newsletter

Call Center

Sede Silvânia - GO

Rua Antônio Leão Neto 40 
Centro
CEP: 75180-000
Silvânia / GO
+55 (62) 3332-2030+55 (62) 3332-1572

Sede Palmas - TO

Av. Teotonio Segurado, Ed. Amazônia Center s/n Sala 902, Em Frente ao Fórum de Palmas
Plano Diretor Sul
CEP: 77016-002
Palmas / TO
+55 (63) 3322-7278

Sede Goiânia - GO

Rua 136 761 Qd. F-44, Lt. 2-E, Ed. Nasa Business Style, 11º Andar, Parte D-32
Setor Sul
CEP: 74093-250
Goiânia / GO
+55 (62) 3602-0757

Previsão do tempo

Hoje - Aparecida do Ri...

Máx
40ºC
Min
27ºC
Predomínio de

Terça-feira - Apareci...

Máx
40ºC
Min
25ºC
Predomínio de

Hoje - Palmas, TO

Máx
40ºC
Min
26ºC
Predomínio de

Terça-feira - Palmas,...

Máx
40ºC
Min
26ºC
Predomínio de

Hoje - Gameleira de Go...

Máx
35ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Terça-feira - Gamelei...

Máx
36ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Leopoldo de Bul...

Máx
35ºC
Min
17ºC
Predomínio de

Terça-feira - Leopold...

Máx
36ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Vianópolis, GO

Máx
36ºC
Min
18ºC
Predomínio de

Terça-feira - Vianóp...

Máx
36ºC
Min
20ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Silvânia, GO

Máx
36ºC
Min
19ºC
Predomínio de

Terça-feira - Silvân...

Máx
37ºC
Min
20ºC
Parcialmente Nublado

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Home

Setembro Amarelo: mesa redonda debate formas de prevenção ao suicídio

Como parte das ações da campanha Setembro Amarelo, o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), em parceria com a Escola Judicial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (Ejug) promoveu, nesta terça-feira (14), uma mesa redonda com o tema: Identificação e Abordagem do Comportamento Suicida. A programação foi elaborada pelo Centro de Comunicação Social (CCS) do TJGO, em parceria com a Diretoria de Recursos Humanos e Centro de Saúde. O objetivo do evento é que o participante seja capaz de refletir a respeito da importância do tema com disseminação de informações e dicas para conscientizar as pessoas sobre como agir e lidar com o assunto. A prevenção do suicídio requer o esforço de todos e estratégias interativas que englobem o trabalho em nível inpidual, de sistemas e da comunidade. A mesa redonda contou com a participação do psiquiatra Thiago Cezar; da psicóloga Janice Gomes Lopes, e teve, como mediadora, a servidora, Patrícia Magalhães. Também teve a participação especial do Centro de Valorização da Vida (CVV). Na live, foi abordado o que pode ser feito no combate ao suicídio como, por exemplo, limitar o acesso a mecanismos que podem ser usados na prática do suicídio; relato responsável dos meios de comunicações ao tratarem desta questão; serviços de apoio para adolescentes; identificação precoce, gestão e acompanhamento de pessoas que tenham pensamento ou comportamentos suicidas; formação e treinamento de profissionais da saúde e trabalhadores de serviços de emergência para a identificação das pessoas com essas condições.  Os debatedores discutiram ainda como alguém agir ao se deparar com pessoas que possuem esse comportamento: escutar atentamente o que a pessoa tem a dizer, legitimando sua dor e não a menosprezando; encorajando as pessoas a se abrirem quanto aos seus problemas e sentimentos; reconhecer o suicida como uma escolha, mas não aceite como uma escolha normal e positiva; tomar decisões eficazes para gestão de crise; entre outras. Para o psiquiatra Thiago Cezar, pedir ajuda é uma ferramenta fundamental. “Nesse momento de pandemia, é importante a gente tentar manter a rotina mais próxima do que ela sempre foi, fazendo atividades de rotina mais saudável e, se a pessoa não conseguir, é preciso pedir ajuda. A gente não é obrigado a conseguir tudo”, frisou.   “É possível tem uma melhora na saúde mental a partir do exercício da resiliência. Porque a pessoa, trabalhando a resiliência, se sente mais forte, apta a lidar com as frustrações do dia a dia”, salientou a psicóloga Janice Gomes.  Dados De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o suicídio é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos no mundo e a maioria dos casos poderia ser evitada se as razões do pensamento suicida fossem identificadas e, naturalmente, estabelecidas medidas que contribuíssem para reduzir o impacto do problema.  A maioria dos suicídios está relacionada com transtornos mentais, que registram cerca de 96,8% dos casos, dentre eles podemos citar a depressão, transtorno bipolar e abuso de substâncias. De 2000 a 2019, a taxa global caiu 36%, diminuições variando de 17% na região do Mediterrâneo Oriental e 47% na região europeia no Pacífico Ocidental. Contudo, aumentou 17% nas Américas no mesmo período. Ainda de acordo com os dados, 90% dos suicídios podem ser evitados. Mas persos fatores podem impedir a sua prevenção: o estigma de fraco/pecador e o tabu de que falar sobre o assunto estimula e/ou se não falar no assunto ele deixa de existir. No Brasil, cerca de 12 mil pessoas tiram a própria vida por ano. No mundo, são mais de 700 mil suicídios anuais. A campanha Setembro Amarelo é uma iniciativa  brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque, desde 2003, o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.  (Texto: Arianne Lopes / Fotos: Acaray Martins – Centro de Comunicação Social do TJGO)
14/09/2021 (00:00)
Visitas no site:  345245
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.